DIVULGANDO A BOSSA NOVA

busca por freefind
Livros sobre a Bossa Nova

Paulo Muniz

é um artista independente do Rio de Janeiro, Brasil. Canta principalmente músicas brasileiras (bossa nova e samba) originais e já chegou até o Japão com seus discos. Este tipo de música já foi bem representada em todo mundo através dos anos por nomes como Tom Jobim, Ivan Lins, Sérgio Mendes e agora possui este novo representante. Se você se interessa por música brasileira ou jazz, certamente se sentirá atraído por suas músicas.

Nasceu em 27 de fevereiro de 1976 no Rio de Janeiro, Brasil, onde vive até hoje. Com doze anos, iniciou os estudos de música e aos quinze se apresentou pela primeira vez. Mas algo atrasou sua carreira musical: faculdade de medicina. Em 1995, ele entrou na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com objetivo de se tornar um psiquiatra mas a abandonou três anos mais tarde. Voltou ao meio musical, onde se encontra até os dias de hoje.

Em 1999, sua carreira como produtor musical começou quando teve a oportunidade de compor uma trilha sonora para uma peça de teatro. Depois disto, ele compôs uma série de trilhas sonoras para um canal de TV (Futura) bem como outra peça de teatro e a produção se tornou uma de suas principais atividades. Foi quando estudou arranjo e orquestração por conta própria, o que aumentou bastante sua musicalidade.

2002 e 2003 foram anos dedicados principalmente a participações em festivais pelo Brasil. Esteve presente em mais de quinze neste período. Ainda no ano de 2003 ele teve suas primeiras experiências com gravações caseiras, quando gravou seu CD de vinte e seis músicas chamado Compositor, nunca lançado oficialmente. Dois anos depois, ele decide gravar Eu comigo, um disco de doze músicas, compostas, tocadas e produzidas por ele eu seu estúdio caseiro. Entretanto, este também nunca fora lançado oficialmente.

Durante os anos seguintes, ele trabalhou como produtor musical assistente para bastantes programas de Tv no Brasil. Estes trabalhos eram principalmente dentro de estúdios de gravação e trouxeram a ele muito de sua experiência como técnico de som. Enquanto trabalhava em uma destas produções, ao final do ano de 2005, começou a produzir o que se tornaria seu primeiro CD lançado.

Feito em 2006, Trying to fool destiny foi seu primeiro disco lançado, contendo dez músicas originais, produzidas por ele e tocadas por ele e alguns dos principais músicos brasileiros. Foi, sem dúvida, seu maior desafio. Logo, este disco passou a ser vendido no Japão e, em 2007, ganhou uma edição especial para o mercado japonês, com capa diferente e três faixas-bônus.

Ainda em 2007, ele terminou seu segundo CD, chamado Sine qua non, lançado apenas no Japão através do selo Production Dessinee. No momento, ele está preparando as gravações para seu terceiro disco, programado para ser lançado no primeiro semestre de 2009.

Clique na música para ouvir.




Divulgue aqui seu trabalho